Prêmio Agrinho 2017   27/11/2017 | 10h09     Atualizado em 27/11/2017 | 18h42

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Aluna da Escola Ruy de São Marcos conquista 1º lugar em premiação regional

Dandara de Góis Girardi, de 8 anos, estudante do 3º ano da Escola Municipal Ruy Henrique Nicoletti, conquista 1º lugar regional no Programa Agrinho 2017. Ela produziu texto sobre o tema "Saúde", orientada pela professora Laudete Dutra

Professora Laudete e aluna Dandara junto com a turma do 3º ano da Escola Ruy
Professora Laudete e aluna Dandara junto com a turma do 3º ano da Escola Ruy
Foto: divulgação

Durante esta semana, o Senar-RS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) divulgou a lista de trabalhos vencedores do Programa Agrinho 2017. A ação é voltada para alunos e professores da educação infantil e do ensino fundamental das escolas da rede pública gaúcha e, neste ano, teve mais de 9 mil trabalhos recebidos. Foram selecionados os melhores trabalhos em 11 categorias, de cada uma das dez regiões atendidas pelo programa. A Escola Municipal Ruy Henrique Nicoletti conquistou o 1º lugar na fase regional, na categoria texto, através da aluna Dandara de Goís Girardi, de 8 anos, estudante do 3º ano.

Dandara de Góis Girardi, 8 anos, conquista 1º lugar na categoria texto
Dandara de Góis Girardi, 8 anos, conquista 1º lugar na categoria texto
Foto: divulgação

Dandara foi orientada pela professora Laudete Fernandes Dutra dos Reis, que guiou a aluna na produção de um texto sobre o tema "Saúde". A temática foi escolhida para estimular os alunos a expressarem suas vivências e conhecimentos adquiridos sobre o assunto. Por isso, durante o ano letivo a escola trabalhou este tema através do projeto pedagógico anual, incluindo o Programa Agrinho em diversas atividades, palestras, ações e eventos, engajando todas as turmas e, inclusive, a comunidade escolar em geral.

 

O Programa Agrinho tem o objetivo de desenvolver ações que propiciem o despertar da consciência de cidadania e fornecer acesso a informações sobre saúde e preservação do meio ambiente através da educação. Dessa forma, o Senar apoia as escolas com revistas educativas com as aventuras do personagem Agrinho, permitindo que alunos e professores trabalhem seus diversos temas de forma conjunta às disciplinas escolares.