Viagem   05/01/2018 | 11h22     Atualizado em 10/01/2018 | 07h54

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Speakeasy oferece oportunidades de intercâmbio para o Canadá e EUA

Em parceria com IE Agência de Intercâmbios, a Speakeasy Escola de Idiomas, de São Marcos, oferece oportunidade de intercâmbio para Vancouver e Los Angeles, nos dias 9 a 27 de julho. Programa é destinado a adolescentes

Professora da Speakeasy divulga intercâmbio em 2018
Professora da Speakeasy divulga intercâmbio em 2018

Os intercâmbios são excelentes oportunidades para quem deseja estudar em outro país e buscar experiência profissional, aprimorar o currículo ou apenas aperfeiçoar um outro idioma. Eles têm sido cada vez mais procurados por pessoas de todas as idades que desejam vivenciar uma experiência vasta de conhecimento e cultura. Com o objetivo de possibilitar esta vivência aos jovens são-marquenses, a Speakeasy Escola de Idiomas está oferecendo duas oportunidades de intercâmbio através de parceria com a Agência IE. São duas possibilidades: Vancouver, no Canadá, para jovens de 14 a 17 anos, ou Los Angeles, na Califórnia, nos Estados Unidos, para jovens de 13 a 17 anos. As duas viagens acontecerão do dia 9 a 27 de julho deste ano, período de verão em ambos os países.

 

A professora de inglês e diretora da Speakeasy, Mônica Scodro dos Santos, explica que  programa de intercâmbio está sendo divulgado não apenas aos alunos da escola, e sim para a comunidade em geral que se interessar pela oportunidade. "É um intercâmbio para adolescentes, quem se interessar pode procurar a escola. O interessante é já ter um conhecimento em inglês, porque no momento da chegada o aluno faz uma entrevista e uma prova de nivelamento, para saber qual a aula que ele vai ter melhor aproveitamento. De acordo com o resultado ele participa de grupos diferentes, que têm um grande mix de nacionalidades para que não fiquem vários alunos que falam português juntos. Eles recebem alunos da Argentina, do Oriente Médio, da Alemanha, da Itália, do México, da China, então é interessante que já tenha algum conhecimento para poder aproveitar melhor", ressalta Mônica.

 

Além da troca cultural durante as aulas no exterior, o aluno estará totalmente imerso na cultura local e também na língua inglesa, já que no exterior ficarão hospedados em casas de famílias. "Nesse intercâmbio eles ficam em casa de família, que oferece café da manhã e jantar, então o aluno só precisa fazer um lanche ao meio dia, que fica por conta da pessoa. São poucos gastos extras", revela, explicando que o pacote inclui também alguns passeios. "A agência faz uma cotação do valor que inclui passagem, vistos e seguro viagem e outro valor do pacote, com acomodação, aulas, material, certificado de conclusão, kit, atividades esportivas e alguns passeios inclusos. Eles têm 20h de inglês semanais e, no tempo livre, quando não estiverem na escola, eles têm visitas nos pontos turísticos dos arredores. E esses passeios são inclusos, mas tem algumas coisas que são opcionais, quem quiser a escola pode organizar, mas não está dentro da programação", detalha.

 

Mônica destaca que os valores são acessíveis e se assemelham a viagens muito procuradas por brasileiros. "Os valores são bem atrativos no que diz respeito a intercâmbio, não é dos mais caros. Nós comparamos com uma viagem para a Disney, que é algo que muitos pais oferecem aos filhos nos 15 anos, então se a gente comparar não tem muita diferença de valor. E esse pacote pode ser feito parcelado sem acréscimo", observa a diretora da Speakesay, revelando as vantagens do intercâmbio. "E essa viagem agrega, além do lazer, aprendizado e um enriquecimento cultural bem grande. E é uma opção a mais para os pais pensarem e decidirem", destaca Mônica Scodro dos Santos.

’O primeiro passo é encaminhar o passaporte’

Hollywood será um dos pontos turísticos visitados no intercâmbio com escola de Los Angeles
Hollywood será um dos pontos turísticos visitados no intercâmbio com escola de Los Angeles

Mônica Scodro dos Santos, sócia e diretora da Speakeasy Escola de Idiomas, informa que os interessados já podem procurar a escola para que haja tempo hábil para providenciar as documentações necessárias. "É importante a pessoa nos procurar com antecedência, porque tem várias coisas para serem providenciadas. O primeiro passo é encaminhar o passaporte, que se faz através do site da Polícia Federal, e decidir qual vai ser o destino, porque diferentes países requerem diferentes vistos. No caso de Santa Monica é necessário ter o visto americano, que agora é feito em Porto Alegre e facilita bastante. É necessário preencher um formulário, que se chama DS 160, que no próprio site da embaixada eles dão dicas de como preencher. O visto americano tem um custo de 160 dólares. E o visto canadense não é um visto presencial, então ele também é solicitado online e o valor é bem menor, são 17 dólares canadenses", informa.

 

Mônica ressalta que a Speakeasy está à disposição para esclarecimento de dúvidas, com apoio de representante da Agência IE para realização de reuniões. "Temos um parceiro da IE, ele já fez reuniões e se disponibiliza a vir aqui a qualquer momento. Ele vem até São Marcos, não é necessário a pessoa ir até Caxias", reforça. A IE é uma agência nacional de intercâmbio, com sede em diversos lugares, inclusive em Caxias do Sul, há 7 anos.  "Esse ano eles foram eleitos como a melhor agência de intercâmbio da América Latina em 2017, receberam o prêmio em São Paulo. Ela oferece intercâmbios em diversos países e já tem 20 anos de tradição, não são uma agência que surgiu agora. Já tivemos outras atividades em parceria com eles, e é uma agência que nós realmente podemos indicar. Foi uma parceria que a gente buscou em função da qualidade que eles oferecem", destaca Mônica.

Mônica conheceu escola que poderá receber alunos da Speakeasy em 2019

EC English, em Santa Monica: ’Gostei das instalações, é uma atmosfera bem descontraída, favorável para a aprendizagem’
EC English, em Santa Monica: ’Gostei das instalações, é uma atmosfera bem descontraída, favorável para a aprendizagem’

Mônica Scodro dos Santos conversou com o L’Attualità e contou sobre sua viagem no mês de novembro de 2017 a Los Angeles, que é uma das cidades do programa de intercâmbio. Eu viajei para a Califórnia em novembro por lazer e fomos para Santa Monica, que fica na grande Los Angeles, e é a segunda cidade mais populosa dos EUA", descreve Mônica. Ela também passou pelo condado de Santa Monica, onde conheceu a escola EC English, que poderá receber alunos intercambistas da Speakeasy a partir de 2019. "Eu me encantei muito com o material da escola, gostei das instalações, é uma atmosfera bem descontraída, favorável para a aprendizagem, e principalmente gostei da localização da escola, porque está a alguns metros do famoso Pier de Santa Monica, que é o início da Rota 66, a principal atração de Santa Monica, e também é perto de um calçadão, uma rua fechada para veículos, e ali tem lojas, restaurantes, comércios", descreve Mônica.

 

A diretora da Speakeasy explica que caso os intercambistas de São Marcos optem pelo programa de Los Angeles, a escola que os receberá em 2018 é a FSL. "É uma escola internacional localizada dentro de um Campus Universitário que se chama Citrus College. As vantagens para o intercambista é que o Citrus College oferece excelente combinação de conforto e segurança, além de acesso a todas as atrações e vida cultural da área de Los Angeles.  O Campus também oferece infraestrutura cultural e esportiva com amplas instalações", explica Mônica. Ficando hospedados nesta cidade, os alunos poderão conhecer importantes pontos turísticos locais. "O programa inclui atividades e excursões para Hollywood, Pasadena, Disneyland, Biblioteca de Huntington, Downtown L A, Universal Studios, Victoria Gardens, Beverly Hills, entre outros locais", destaca.