FSG   02/03/2018 | 17h47     Atualizado em 05/03/2018 | 20h00

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Universidade: FSG inicia semestre com expansão de infraestrutura

Dentre as novidades está a construção do Teatro FSG, o complexo de medicina veterinária, o complexo esportivo e mais salas de aula. Obras serão concluídas até o final do 1º semestre

Oferta de mais salas de aula, laboratórios e cursos em 2028 estão entre as novidades
Oferta de mais salas de aula, laboratórios e cursos em 2028 estão entre as novidades

Foto: Marco Rogério Zeminhani

Os cerca de 9 mil alunos da FSG - Centro Universitário da Serra Gaúcha que retornam às aulas na próxima segunda-feira (5) passam a usufruir de uma estrutura física em plena renovação.  Fundada em 1999 e com sede em Caxias do Sul, a FSG oferece mais de 100 opções de cursos de graduação, pós-graduação e extensão e atua também na área de pesquisa e a partir desse semestre passará a oferecer também novas salas de aula, laboratórios, complexos técnicos e esportivos e novos cursos.

No Campus Sede, na Rua Marechal Floriano, em Caxias do Sul, as obras de construção do Complexo de Medicina Veterinária, do Complexo Esportivo, do Teatro FSG e de novas salas de aula estão em andamento e serão concluídas em junho ou julho de 2018. Quando as obras forem concluídas a FSG contará com 200 salas de aula, 90 laboratórios e 103 consultórios dentários. O semestre na FSG inicia também com a oferta de novos cursos como Jogos Digitais, Cinema (Produção Audiovisual) e Marketing EAD. Outra novidade é que a instituição passará a utilizar inteligência artificial no âmbito acadêmico.

O vice-reitor da FSG, Prof. Me. Fabio Dall Alba, destaca que a instituição entra em 2018 ainda mais atenta aos novos modelos educacionais que se desenvolvem no cenário mundial. "O mundo está em constante mudança, e as universidades precisam acompanhar esse movimento. O principal diferencial da FSG é o constante desejo em ser uma instituição de referência na Educação Superior. Para tanto, investe em infraestrutura e em projetos acadêmicos modernos, voltados às necessidades da sociedade atual", ressalta Dall Alba.