Música   21/03/2018 | 15h12     Atualizado em 22/03/2018 | 14h31

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Banda Salve Jurema toca no Festival Brasileiro de Música de Rua 2018 em Caxias do Sul

No último dia 19, a banda são-marquense Salve Jurema se apresentou em dois locais, na 7ª edição do Festival de Música de Rua que acontece em Caxias do Sul entre os dias 17 e 25 de março

Banda foi convidada para tocar no Festival de Música de Rua em Caxias do Sul
Banda foi convidada para tocar no Festival de Música de Rua em Caxias do Sul
Foto: Salve Jurema

Na última segunda-feira, 19 de março, a banda Salve Jurema, de São Marcos, foi uma das atrações musicais da 7ª edição do Festival Brasileiro de Música de Rua 2018, que acontece entre 17 e 25 de março. As ruas de Caxias do Sul abrem passagem para a música latino-americana com artistas do Norte e Nordeste, integrados a artistas do RS e grupos do Chile, México e Uruguai. Com apresentações em dois locais, a banda Salve Jurema levou a Caxias do Sul o seu estilo musical próprio com apresentações na Estação Catedral e no Bloco J da Universidade de Caxias do Sul (UCS). "Fomos convidados para participar do Festival e o coordenador disse que tem interesse em nos levar para circular pelo Estado em outros festivais" conta Eduardo, o baixista da banda.

Assista ao vídeo do hit "Imensidão Azul", música que faz parte do EP lançado em 2017 pela Salve Jurema

Neste dia 23 de março, sexta-feira, a banda são-marquense Salve Jurema, que vem se destacando no cenário musical regional, se apresenta juntamente com a banda Não Alimente os Animais a partir das 22h no ARB Conveniência e Petiscaria, localizado na BR 116, km 113, n° 1.480, ao custo de R$ 15,00 o ingresso. A banda formada oficialmente em 2016, é composta por Patric Dias na guitarra e no vocal, Rafael Grison na percussão, Thales Rech na bateria e Eduardo Marcon no baixo. Salve Jurema ganhou nome em 2016, mas já existia há muito mais tempo, e tocava principalmente covers. "Era uma banda que tocava covers, mas de 2016 para cá começamos a tocar nossas próprias músicas. Em 2016 nasceu a Salve Jurema com músicas autorais" revela Eduardo Marcon.

Entrevista para o canal Radar da TVE

Salve Jurema levou suas músicas a Porto Alegre no programa Radar do canal TVE
Salve Jurema levou suas músicas a Porto Alegre no programa Radar do canal TVE
Foto: Salve Jurema

A banda tem ganhado destaque dentro e fora do Estado, ainda no dia 16 de março foi convidada para participar do programa "Radar" do canal TVE, em Porto Alegre, onde tocou as músicas do EP lançado em 14 de julho de 2017 e a música "É Muito Cedo" que fará parte do próximo disco da banda. O programa "Radar" é uma referência no cenário cultural e musical do Rio Grande do Sul com destaque entre o público jovem. O canal entrou em contato com eles após conhecer o trabalho da banda e o estilo musical da Salve Jurema, descrito por ela mesma como "músicas que apresentam temáticas espirituais e têm a intenção de desbravar o ser interior de cada um" como por exemplo, a música "Imensidão Azul", o hit mais pedido da banda e que tem quase 1,5 mil visualizações no Youtube.

Música da banda Salve Jurema foi reconhecida entre outras 64 bandas brasileiras
Música da banda Salve Jurema foi reconhecida entre outras 64 bandas brasileiras
Foto: Salve Jurema

Salve Jurema também teve suas músicas reconhecidas pela Hits Perdidos que busca reconhecer bandas em ascensão. A iniciativa "Em Busca da Viagem Eterna" conta um pouco da história da música psicodélica no mundo e no Brasil e apresenta uma lista com 65 bandas que merecem destaque dentro do novo cenário brasileiro. Na playlist disponível no Spotify e intitulada Neo-Psicodelia Brasileira constam 66 músicas com este estilo, incluindo a música "Nova Psicodelia" da banda Salve Jurema.