Fenamarco 2018   04/04/2018 | 13h49     Atualizado em 06/04/2018 | 11h17

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

ISME: São Marcos cria integração de entidades com AMSM, CIC e CDL

Assembleia nesta quarta (4) oficializa a ’Integração São-Marquense de Entidades (Isme)’ que irá gerir Fenamarco e captar recursos

Nova entidade é formada por líderes da AMSM, CIC e CDL de São Marcos
Nova entidade é formada por líderes da AMSM, CIC e CDL de São Marcos

São Marcos cria nesta quarta-feira (4) a Integração São-Marquense de Entidades (Isme). A oficialização da Isme será feita em assembleia que será realizada a partir das 19h na sala de reuniões da AMSM. A entidade é composta através da união da CIC, CDL e AMSM e está sendo montada para gerir a Fenamarco e também para captar recursos através do desenvolvimento de projetos. "Hoje à noite vamos assinar a ata inicial de criação e definir o estatuto. O principal objetivo é que essa entidade se responsabilize pela Fenamarco. Também desenvolverá projetos para adquirir recursos através de leis estaduais e federais de Incentivo à Cultura", comentou o vice-presidente da CIC e membro da ISME, Fabrício Michelin. Ele destaca que através da ISME ficará mais simples gerir a parte contábil, burocrática e organizacional da Fenamarco, cuja segunda edição será realizada em outubro, junto à 47ª Festa de Aparecida e dos Motoristas. "É para dividir o ônus e o bônus de tudo que ocorre na feira. Com a Isme a AMSM, CIC e CDL vão dividir as responsabilidades", observou Michelin.

Junto com César Bolzan (Vice-presidente da AMSM) e Rodolfo Scarabelot (CDL), Fabrício compõe o Conselho Deliberativo da entidade. Já o Conselho Superior é formado pelos presidentes da AMSM (Oneide Fredrez), CIC (Dorival Perozzo) e CDL (Marcelo Parizotto). O Conselho Fiscal tem como membros Pablo Luiz Rech (AMSM), Alexandre Pedrotti (CDL) e João Fortunatti (CIC). E o Conselho Executivo é composto por Jandir Alexandre Panassol (AMSM), Gisele Brugalli Borghetti (CDL) e Silvio César Pedrotti (CIC). Segundo Michelin, a ideia de criar a ISME surgiu em 2017. "Na Fenamarco do ano passado foi notado que se devia fazer essa entidade. Alguns municípios têm, como é o caso de Antonio Prado e Flores da Cunha, e nós achamos interessante São Marcos possuir também", destacou. Segundo Michelin, a ideia de criar a ISME surgiu em 2017. "Após uma avaliação da Fenamarco do ano passado chegamos a conclusão que devíamos criar uma entidade que congregasse CIC, CDL e AMSM. Alguns municípios têm, como é o caso de Antônio Prado, e nós achamos interessante São Marcos possuir também. Criamos a Isme também para o futuro, pois a entidade nos ajudará na captação de recursos financeiros, especialmente", apontou Fabrício Michelin. Ele ressalta ainda que o estatuto da entidade proíbe que ocupantes de cargos eletivos públicos (no caso políticos) façam parte da diretoria da Isme, justamente para que a entidade não seja usada para promoção pessoal.