Caravaggio   16/05/2018 | 18h00     Atualizado em 17/05/2018 | 16h37

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

São Marcos: 1ª Romaria dos Carros Antigos levou 70 raridades a Tuiuti

1ª Romaria dos Carros Antigos e 3ª Romaria dos Ciclistas iniciaram as pré-romarias ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio em São Marcos

1ª Romaria dos Carros Antigos abriu temporada de pré-romarias a Caravaggio em Tuiuti
1ª Romaria dos Carros Antigos abriu temporada de pré-romarias a Caravaggio em Tuiuti

Foto: Renata Vanaz

Em São Marcos, as celebrações em louvor a Nossa Sra. de Caravaggio iniciaram no dia 26 de março e se estendem até o dia 21 de maio, com as novenas rezadas todos os domingos, às 19h30, na igreja de Tuiuti, e com as romarias até o santuário. A programação das pré-romarias iniciou no dia 5 de maio com a 1ª Romaria dos Carros Antigos, que levou cerca de 70 veículos antigos a Tuiuti. As raridas saíram por volta das 14h30 da Igreja Matriz, em São Marcos, e a chegada ao santuário de Tuiuti aconteceu por volta das 15h, quando os carros antigos foram abençoados e foi celebrada missa. Na entrevista que concedeu ao L’Attualità, Pablo Soldatelli destacou a importância da 1° Romaria de Veículos Antigos para a Capela Nossa Senhora de Caravaggio. "Por ser a primeira, foi um bom número", avaliou ele. Para Pablo, que gosta de carros antigos desde os 16 anos, quando adquiriu seu primeiro Opala, a inserção dos antigomobilistas nas romarias de Caravaggio é uma novidade que veio para ficar. "A ideia é realizar novamente ano que vem", observou.

3ª Romaria dos Ciclistas reuniu cerca de 130 ciclistas e 10ª Cavalgada da Fé acontece neste sábado, dia 19

3ª Romaria dos Ciclistas no dia 12 de maio: ’ela cresce a cada ano’, destacou Alex Rizzon
3ª Romaria dos Ciclistas no dia 12 de maio: ’ela cresce a cada ano’, destacou Alex Rizzon

Foto: Renata Vanaz

Outra atração dos festejos foi a Romaria dos Ciclistas, que neste ano realizou sua 3ª edição e reuniu cerca de 130 ciclistas. Os participantes saíram às 14h da Igreja Matriz de São Marcos e a chegada ocorreu por volta das 15h, quando foi celebrada a missa e a bênção. Um dos organizadores do evento, o ciclista Alex Rizzon, destacou que a romaria é uma forma de envolver o esporte com a religião. "A Romaria foi bem positiva pela participação em si e pelo que representa também. É legal percebermos que não é um evento apenas, mas uma forma de juntar crença e uma atividade que é do interesse dos participantes. É utilizar o ciclismo para engajar um grupo de pessoas e refletir sobre o esporte, a fé e o entorno disso", destacou Alex. Ele ressaltou, ainda, que a Romaria dos Ciclistas cresce a cada ano. "Percebi que ela cresce a cada ano. Esse ano estávamos bem mais organizados, com apoio da polícia, carro de apoio e transporte para ciclistas na volta, por exemplo. Foi bem legal", salientou Alex Rizzon.

O roteiro de homenagens a Nossa Senhora de Caravaggio inclui, ainda, a 10ª Cavalgada da Fé, que será realizada neste sábado, dia 19 de maio, com saída da Igreja Matriz de São Marcos, às 13h30. Na chegada em Tuiuti haverá bênção aos cavalarianos. No dia 26 de maio, acontece a 15ª Romaria de Motos e Jeeps, com saída às 14 horas também da Igreja Matriz. Será celebrada missa com bênção na chegada, a partir das 15h30.

30ª Romaria de Caravaggio será realizada no dia 27 de maio

A peregrinação principal com os fiéis a pé acontecerá no dia 27 de maio, domingo, saindo em frente à Igreja Matriz de São Marcos, às 8 horas. Serão feitas paradas para oração nas igrejas de São José Operário e São Luiz, com celebração de missa na chegada à capela de Tuiuti. Às 14h30 será rezado terço e mais uma missa. Nos dias 25 e 26, o salão da capela de Caravaggio permanecerá aberto com venda de lanches, churrasco e galeto. Nestes dias haverá ônibus do Expresso São Marcos à disposição, fazendo o deslocamento dos fiéis do centro da cidade de São Marcos até o santuário.

Os casais envolvidos na organização do evento neste ano são Dirceu e Maria de Lourdes C. Fortunatti, Evandro Luís e Rosana Mari Stédile, Fernando F. Lopes e Simone F. Lopes, Jorge Adriano e Fabiana Dutra de Oliveira, Laercio e Marcia R. Aumond Guzzon e Rudimar Antônio e Magda Zaffonato Scodro, além dos padres da Paróquia local da Igreja que auxiliam na coordenação.