Greve dos Caminhoneiros   28/05/2018 | 15h39     Atualizado em 28/05/2018 | 17h44

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Escolas municipais de São Marcos terão aulas só até esta terça (29) devido à greve dos caminhoneiros

Em consequência das paralisações, a prefeitura de São Marcos decidiu suspender as aulas da rede municipal

Transporte e alimentação para as escolas estão garantidos somente até amanhã (29)
Transporte e alimentação para as escolas estão garantidos somente até amanhã (29)

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, 28 de maio, em São Marcos, após a continuidade da paralisação dos caminhoneiros, o prefeito Evandro Kuwer anunciou a paralisação das aulas nas escolas municipais, já que o transporte e a alimentação nas escolas estão garantidos somente até terça-feira (29). As aulas serão suspensas a partir de quarta-feira até que a situação se normalize nas estradas. Na quarta (29) as atividades param tanto no ensino fundamental e médio quanto nas escolas de educação infantil. De acordo com o prefeito Evandro a suspensão das aulas visa a economizar o consumo de combustível para que as ambulâncias possam prestar os serviços de emergência no município. A Secretaria Municipal de Saúde e postos dos bairros funcionam normalmente e os atendimentos no Centro Administrativo seguem fluxo normal.

As aulas nas escolas da rede estadual foram suspensas durante esta segunda-feira (28). A suspensão das aulas no dia de hoje foi estabelecida por meio da nota emitida pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc), orientando para que todas as escolas que compreendem a rede estadual suspendessem as aulas a partir desta segunda-feira (28). A Secretaria informou, também, que os alunos não serão prejudicados, pois as aulas serão recuperadas futuramente. Às 16h30 desta segunda, a Secretaria Estadual divulgou uma nova nota informando que as aulas voltam ao normal na terça-feira (29) e que nos casos em que o aluno não possa ir devido à falta de transporte - escolar ou público, quando houver impedimento da chegada de alunos ou professores nas escolas, serão tratados pela respectiva Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Além das escolas, outros serviços na cidade de São Marcos estão sendo afetados, como por exemplo, o setor alimentício. A partir desta terça-feira (29) o Restaurante Zafferano, por exemplo, também paralisará o funcionamento.