Greve dos caminhoneiros   29/05/2018 | 16h44     Atualizado em 29/05/2018 | 17h15

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Notícias da paralisação: São Marcos entra em situação de anormalidade, estação de transbordo da Nelar está superlotada e UCS suspende aulas até segunda-feira (4)

Atendimentos na Secretaria Municipal de Saúde e coleta de lixo seguem garantidos. Estação de transbordo da Nelar já tem mais de 180 t de lixo acumulado

Prefeitura de São Marcos mantem atendimentos na Secretaria de Saúde e coleta de lixo
Prefeitura de São Marcos mantem atendimentos na Secretaria de Saúde e coleta de lixo

Foto: Angelo Batecini

O prefeito de São Marcos, Evandro Kuwer, assinou um decreto na manhã desta terça-feira, 29 de maio, 9º dia da paralisação dos caminhoneiros contra o aumento dos combustíveis, decretando que o município está em situação de anormalidade. O decreto nº 3.466 altera serviços prestados pelo município devido à falta de subsídios como combustível, gás de cozinha e merenda escolar. O desabastecimento de combustível dos reservatórios da prefeitura municipal e dos postos de combustível do município afeta serviços como o transporte escolar de toda a rede municipal e estadual do município, além de inviabilizar o serviço das Secretarias Municipais de Obras, Serviços Públicos e de Agricultura, pois tais serviços dependem das máquinas para trabalhar.

Nelar alerta para que o lixo seja reduzido, pois estação de transbordo está superlotada

O decreto entra em vigor na quarta-feira, 30 de maio, e visa a economizar recursos para a área da saúde e para situações de emergência. Com o município em situação de anormalidade as aulas da rede municipal, o transporte escolar e o atendimento nas creches estão suspensos. Os serviços da Secretaria de Saúde e o de recolhimento de lixo não serão paralisados pois são casos de saúde pública. Apesar da coleta seguir normalmente, a estação de transbordo em São Jacó está superlotada. Dois caminhões caçamba estão carregados somando 85 toneladas de lixo orgânico, outras 55 toneladas de orgânico e 40 de seletivo estão armazenados nos galpões localizados em São Roque, no antigo aterro da cidade.

Secretaria pede para que moradores tentem reduzir geração de resíduos e estocar o seletivo em casa

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a empresa Nelar, que realiza a coleta de resíduos na cidade de São Marcos,  alertam para que a população tente reduzir ao máximo a geração de resíduos, e no caso dos orgânicos podem ser feitas composteiras ou quem possuir uma horta ser utilizado como adubo, já que não há mais aterro sanitário em São Marcos desde 2014, quando foi inaugurada estação de transbordo, e os resíduos são separados, sendo o orgânico transportado para Minas do Leão e o seletivo doado para cooperativas de reciclagem após triagem. Diante disso, a recomendação é de que resíduos que não estão atrapalhando e que não ofereçam perigo à saúde pública devem ser mantidos em casa.

Universidade de Caxias do Sul cancela aulas até segunda-feira, 4 de junho

Na tarde desta terça-feira, a Universidade de Caxias do Sul (UCS) divulgou um comunicado informando que as aulas estão suspensas e só voltaram na segunda-feira, 4 de junho, devido à falta de combustíveis e a consequente dificuldade de deslocamento da comunidade acadêmica para as unidades universitárias. Até o momento a Faculdade da Serra Gaúcha (FSG) suspendeu as aulas desta terça e quarta-feira, 29 e 30 de maio. No Rio Grande do Sul, 14 cidades já decretaram situação de emergência, dentre elas cidades como Porto Alegre, São Leopoldo e Gravataí, em outras 19 cidades a situação é de calamidade pública, como por exemplo Gramado, Santo Antônio da Patrulha Uruguaiana e São Gabriel.