Tortei   29/05/2018 | 18h05     Atualizado em 31/05/2018 | 18h37

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

São Marcos: vereadores aprovam projeto lei que torna a tortelada o prato típico do município

Projeto foi aprovado nesta segunda-feira, 28 de maio, com o intuito de fomentar o turismo no município

O tortei é um prato típico da culinária italiana, muito presente nas festas de São Marcos
O tortei é um prato típico da culinária italiana, muito presente nas festas de São Marcos

O projeto do vereador de São Marcos, Fulvio Pessini (MDB), para tornar a tortelada o prato típico de São Marcos, foi aprovado por unanimidade pelos demais vereadores nesta segunda-feira, 28 de maio. O projeto foi apresentado na sessão plenária da Câmara dos Vereadores, na segunda-feira, do dia 21 de maio. Fulvio já havia apresentado um projeto parecido em 2017 sobre a criação do Dia do Tortei, mas, após polêmica nas redes sociais, o documento foi arquivado. Além disso, o projeto foi barrado pelo Instituto Gamma de Assessoria a Órgãos Públicos (Igam) porque não era possível instituir um "Dia do Tortei" no calendário do município. "Atribuição que caberia apenas ao poder Executivo municipal", explica Fulvio.

Com muitas empresas produtoras do alimento no município, o tortei é um prato típico da comida italiana e muito presente nas festas de capelas, como por exemplo na festa do padroeiro de São Marcos, em abril, quando acontece a famosa tortelada no Salão Paroquial e, no mês de junho, é também servida tradicional tortelada no salão da linha Zambeccari. De acordo com Fulvio, o objetivo é incentivar o turismo em São Marcos e gerar recursos para a cidade. "O Igam entendeu que enquadrar a tortelada como prato oficial é viável e só vai trazer benefícios à comunidade. Vai fomentar o turismo e trazer recursos para o município", destaca Fulvio.

Outro projeto da autoria de Fulvio institui o suco de uva como "bebida símbolo" do município. O projeto também foi aprovado por unanimidade na Câmara e visa ia mpulsionar a FenaSuco, evento que deverá acontecer em 2019 em São Marcos. A ideia é de que o evento seja realizado no final de março do ano que vem para aproveitar os turistas que visitam a Festa da Uva em Caxias do Sul. "O turista vem para a Festa da Uva e já passa em São Marcos para provar o suco", salienta Fulvio Pessini. Conforme ele, os colegas vereadores compreenderam que o projeto do tortelada é um complemento ao projeto do suco. "A ideia da tortelada vinha junto com a ideia do suco de uva. Não pode ter só suco, tem que ter algum alimento também na FenaSuco", observa o vereador autor dos dois projetos.

’Recebi apoio dos empresários, da comunidade e da imprensa’, destaca Fulvio

Quando questionado sobre o porquê do projeto ter sido aprovado neste ano, diferente do que ocorreu em 2017, o vereador Fulvio Pessini destaca que o apoio dos empresários são-marquenses, da comunidade e da imprensa local, foi essencial para a aprovação por unanimidade do projeto da tortelada. A matéria veiculada no Jornal L´Attualità, na edição 467, em maio de 2017, retratou a importância da fabricação das massas no município de São Marcos para geração de empregos e destacava o apoio dos empresários do setor ao projeto. "A alteração do projeto para tortelada em vez do tortei foi essencial. Aquela reportagem no jornal ajudou a esclarecer a ideia. Eu tive apoio das vinícolas, dos empresários do setor, da CIC e da CDL e dos colegas vereadores", destaca Fulvio Pessini