Greve dos caminhoneiros   30/05/2018 | 17h06     Atualizado em 30/05/2018 | 17h39

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Fim das paralisações em São Marcos: caminhões voltam a transitar

Daniel Sereno, líder do movimento no município, anunciou que a paralisação dos caminhoneiros acabou, em São Marcos, na tarde desta quarta-feira (30)

CIC promoveu reunião com empresários para debater efeitos da paralisação em São Marcos
CIC promoveu reunião com empresários para debater efeitos da paralisação em São Marcos

Reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 30 de maio, às 13h30, no Salão de Festas da Associação dos Motoristas São-Marquenses (AMSM), contou com a participação de cerca de 80 empresários do município, que foram ouvidos sobre a paralisação dos caminhoneiros. De acordo com o vice-presidente da CIC, Fabrício Michelin, a reunião foi convocada pela CIC por meio do presidente Dorival Perozzo, visto que a Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) cobrou das lideranças da CIC no município um posicionamento sobre continuar ou não apoiando o movimento. No encontro, Daniel Sereno, o líder do movimento em São Marcos, anunciou que a paralisação dos caminhoneiros está encerrada no município para evitar mais prejuízos à população além de atos de violência.

A atitude foi apoiada pelos empresários de São Marcos, cujo entendimento é de que as exigências teriam passado a ser políticas e não mais reivindicações de melhorias para o caminhoneiro. De acordo com o vice-presidente da CIC, Fabrício Michelin, a manifestação era justa e a entidade apoiava o movimento até a sexta-feira (25). "Mesmo com prejuízos financeiros os empresários estavam apoiando, porém, o movimento começou a perder os objetivos. Começou a afetar a população de forma negativa", destaca Fabrício.

Federasul exigiu um posicionamento das lideranças da CIC em São Marcos
Federasul exigiu um posicionamento das lideranças da CIC em São Marcos

A mesa de lideranças presentes ao encontro da CIC foi composta pelo prefeito Evandro Kuwer, pelo presidente da CDL São Marcos, Marcelo Parizotto, pelo presidente e o vice-presidente da CIC, Dorival Perozzo e Fabricio Michelin, e a reunião durou cerca de duas horas. Daniel Sereno anunciou, ainda, que irá se retirar do ponto de bloqueio, em frente ao Posto ARB e quem decidir manter o protesto deverá participar como cidadão e não mais como caminhoneiro. Conforme informações apuradas, já há caminhões se retirando do local de protesto. Na cidade de Vacaria, segundo informações da PRF, todos os pontos de manifestação estão sendo encerrados.

Pontos de manifestação no Rio Grande do Sul estão sendo liberados

Caminhões que estavam parados nos pontos de bloqueio voltam a transitar
Caminhões que estavam parados nos pontos de bloqueio voltam a transitar

De acordo com informações da PRF, pontos de manifestação na BR 116, no Rio Grande do Sul, estão sendo liberados. Na BR 116, no km 34, 40 e 42 em Vacaria, no km 143, 172, em Vila Cristina, e no km 113 e 123, em São Marcos a rodovia foi liberada hoje a tarde. Também em Vacaria, na BR 285, no km 123 e em Muitos Capões, no km 157, a rodovia foi liberada nesta quarta-feira, 30 de maio.