Denúncia   05/07/2018 | 09h51     Atualizado em 05/07/2018 | 16h08

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

São-marquenses denunciam lixo irregular às margens da BR 116

Moradores que se deslocam a Caxias do Sul para trabalhar observam diariamente dezenas de fraldas descartadas ao longo da BR 116, entre os distritos de Pedras Brancas e Parada Cristal. Situação se repete há mais de 1 ano

Fraldas são espalhadas por vários quilômetros da BR 116
Fraldas são espalhadas por vários quilômetros da BR 116

Foto: arquivo pessoal

Há mais de um ano, são-marquenses que se deslocam a Caxias do Sul diariamente para trabalhar observam situação grave de descarte irregular de lixo na BR 116. De acordo com os relatos, todos os dias é possível ver às margens da rodovia sacos de lixo cheios de fraldas, ou mesmo dezenas delas espalhadas ao longo da pista. O trajeto onde elas são depositadas segue por alguns quilômetros, abrangendo os perímetros de São Marcos e também Caxias do Sul, aproximadamente a partir da antiga praça de pedágio em Pedras Brancas até a localidade de Parada Cristal, em Caxias. "Todos os dias é descartado um saco preto com umas 10 fraldas usadas, as vezes os sacos estão fechados, mas sempre tem muitas fraldas espalhadas", denuncia uma professora são-marquense que observa a situação já há mais de um ano.

Ela conta também que uma colega de trabalho, que também trafega pela rodovia todos dias, tem recolhido os sacos para levar ao lixo correto. "Uma colega que vai de moto costuma recolher os sacos que encontra fechados pelo caminho e depois coloca no lixo adequado. Mas são muitas também espalhadas todos os dias", relata, revelando, ainda, que há algum tempo também há caixas de leite junto aos sacos de fraldas. "Nos últimos dias temos encontrado, juntamente com fraldas, caixas de leite da marca Ninho", conta. O lixo geralmente fica espalhado pelo lado esquerdo da via para quem trafega em direção a Caxias.

Outros são-marquenses que também observaram a situação compartilharam a indignação nas redes sociais, onde outras pessoas confirmaram a versão. Um dos relatos na internet revela que esta irregularidade se repete há cerca de três anos. O fato vem preocupando muitas pessoas que passam pelo local diariamente e presenciam os resultados da ação, que caracteriza crime ambiental, já que quem for flagrado depositando lixo nas margens de rodovia pode ser multado de acordo com legislação brasileira. 

Secretaria de Meio Ambiente de Caxias informa não ter conhecimento sobre o caso

Descarte irregular de lixo acontece na serra entre Caxias e São Marcos
Descarte irregular de lixo acontece na serra entre Caxias e São Marcos

Foto: arquivo pessoal

O L`Attualità entrou em contato com a Secretaria do Meio Ambiente de Caxias do Sul, que informou não ter conhecimento sobre a ocorrência até o momento. De acordo com o setor de fiscalização da secretaria, é preciso que a denúncia seja realizada através do Alô Caxias, canal de ouvidoria da prefeitura de Caxias, para que depois o relato seja encaminhado à secretaria responsável. "Depois que nós recebemos a denúncia, nós encaminhamos para a fiscalização, conforme a disponibilidade de fiscal. Depois pode ser feito o monitoramento dessa situação", explica a fiscal. Ela justifica que, como ainda não houve flagrante da ação, é difícil fazer a identificação do responsável. "Não é tão fácil identificar, teria que ser registrada a placa do veículo, ou encontrada nota fiscal junto com o lixo. Só envolve investigação caso tenha informações do responsável, mas a denúncia também pode ser feita junto à polícia", informa. O L`Attualità também tentou contato com o secretário do Meio Ambiente de São Marcos, Fabiano Varella, na manhã desta quinta-feira (5), mas ele estava cumprindo agenda em Porto Alegre.