Polícia   25/07/2018 | 16h39     Atualizado em 25/07/2018 | 17h37

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Ato de vandalismo no Parque Municipal de São Marcos começa a ser investigado pela polícia

Vidros, pia e telhados da área de churrasqueiras foram quebrados e fios elétricos arrancados, conforme constataram nesta quarta (25) os funcionários da Secretaria de Serviços Públicos e Urbanos

Vidros das janelas foram quebrados durante depredação do patrimônio público
Vidros das janelas foram quebrados durante depredação do patrimônio público

Foto: divulgação

A Polícia Civil de São Marcos iniciou nesta tarde as investigações para apurar os responsáveis pelo vandalismo ocorrido no Parque Municipal de Eventos Prefeito Albino Ruaro. Conforme o delegado Edinei Albarello, ainda não há suspeitos. "O secretário Vinícius Capeletti registrou a ocorrência no final da manhã e estamos iniciando a investigação. Por hora não há testemunhas, mas estamos indo atrás para ver se encontramos alguma", relatou, lamentando a depredação do patrimônio público, que foi constatada na manhã desta quarta-feira (25) pelos funcionários da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Urbanos.

 

Segundo o secretário Vinícius Capeletti, vidros foram quebrados e fios elétricos arrancados. Também a pia, o telhado e porta do local onde ficam as churrasqueiras públicas foram danificados. "Quebraram diversos vidros das janelas, as tomadas onde ligam as luzes e arrancaram todo os fios. Também entortaram as portas, quebraram as lâmpadas e os soquetes onde elas são fixadas, além dos cavaletes de uma mesa", detalhou, dizendo que a destruição ocorreu na tarde de terça-feira (24).

Prefeitura vai instalar telas de aço nas janelas: parque não conta com câmeras de vigilância

Telas de aço serão instaladas nas janelas para inibir novos atos de vandalismo no parque
Telas de aço serão instaladas nas janelas para inibir novos atos de vandalismo no parque

Foto: divulgação

O secretário Vinícius Capeletti disse que os funcionários que cuidam do parque não viram nada. "Estávamos concretando o piso de duas academias de ginástica ao ar livre que estamos construindo. Infelizmente ninguém viu nada, mas acreditamos que foi ontem à tarde", observou, lembrando que o local não conta com câmeras de videomonitoramento.

 

O prejuízo ainda não foi calculado. "Ainda não sabemos o total do prejuízo, pois teremos que orçar a troca dos vidros", ponderou. O secretário anunciou medidas que serão tomadas pela administração municipal para tentar inibir novos atos de vandalismo contra o patrimônio público. "Vamos instalar telas de aço por fora das janelas", informou.