Saúde   14/08/2018 | 10h36     Atualizado em 14/08/2018 | 16h38

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Urgente: atendimento do Samu está paralisado no Estado desde ontem (13)

Funcionários da central telefônica em Porto Alegre estão paralisados devido a atrasos no pagamento de salários. Chamados de emergência não estão sendo direcionados aos municípios, por isso orientação é contatar Brigada Militar e Corpo de Bombeiros

Caxias é um dos quatro municípios que segue operando normalmente
Caxias é um dos quatro municípios que segue operando normalmente

Foto: apenas ilustrativa

O atendimento do Samu (Sistema de Atendimento Móvel de Urgência) está paralisado em praticamente todo o Rio Grande do Sul desde esta segunda-feira, 13 de agosto, às 19h. Telefonistas e rádio-operadores que operam na central telefônica em Porto Alegre estão parados devido aos atrasos de salários e demais problemas enfrentados pelos profissionais. Os médicos seguem em atividade, mas não estão trabalhando pois não recebem o direcionamento dos chamados.  

Em todo o Rio Grande do Sul apenas 4 cidades possuem atendimento local e seguem trabalhando, que é o caso de Caxias do Sul, Porto Alegre, Bagé e Pelotas. Em São Marcos o serviço de atendimento de emergência também é através do 192, por isso segue suspenso temporariamente, assim como em grande parte do Estado.

A orientação da Secretaria de Saúde é para que a população ligue diretamente para o Corpo de Bombeiros de São Marcos, pelo 193, ou para a Brigada Militar, pelo 190, que farão contato com a base do Samu na cidade.