Política   03/09/2018 | 09h27     Atualizado em 03/09/2018 | 16h16

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

PSL de Bolsonaro inaugura comitê em São Marcos nesta sexta (7)

São-marquenses inauguram diretório do PSL nesta sexta-feira (7), na Rua Padre Feijó, ao lado do Banco do Brasil. Partido em São Marcos apoia candidato à presidência Jair Bolsonaro e candidatos gaúchos para a Assembleia, Câmara e Senado

Presidente do PSL em São Marcos Fabio Medeiros (centro), vice João Carlos Ramos e tesoureiro Juarez Boff
Presidente do PSL em São Marcos Fabio Medeiros (centro), vice João Carlos Ramos e tesoureiro Juarez Boff

Foto: Jornal L?Attualità

O Partido Social Liberal (PSL) terá diretório para as Eleições 2018 em São Marcos. O comitê, localizado na Rua Padre Feijó, ao lado do Banco do Brasil, será inaugurado nesta sexta-feira, 7 de setembro, a partir das 10 horas. O partido foi fundado no dia 13 de maio em São Marcos e tem como presidente o advogado Fábio Medeiros e vice o vendedor João Carlos Ramos. "Estamos recebendo um apoio muito grande aqui em São Marcos, muitas pessoas estão saindo de outros partidos e se filiando ao PSL. Muitos profissionais, médicos, empresários, estão se filiando, que não queriam se envolver com política, mas se sentiram à vontade para entrar no nosso partido", destaca o presidente Fábio Medeiros, que liderou a fundação do PSL no município.

O presidente do partido ressalta que o objetivo do diretório local é dar apoio aos candidatos gaúchos para deputado estadual e federal e ao Senado, e ao candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro. "O Bolsonaro está tendo muita aceitação em São Marcos. E não é só para presidente, com certeza vamos colocar muitos deputados estaduais e federais nessa eleição, e também vamos ter eleições municipais futuramente", destaca Medeiros. Além de Bolsonaro, o PSL de São Marcos apoia a candidata ao Senado Carmem Flores, natural de Rosário do Sul e residente em Porto Alegre, e presidente do PSL no Rio Grande do Sul; para deputada estadual o apoio é para Luisa Locatelli, que já atuou em Caxias do Sul como médica e cujo filho ainda reside no município da Serra gaúcha; e o partido também apoia Celso Morais para deputado federal, natural de Nova Petrópolis.

Fabio Medeiros destaca que o candidato Bolsonaro tem ganhado bastante aceitação em São Marcos, podendo vencer no município. "A percepção que tenho, conforme converso com as pessoas, é que o Bolsonaro deve fazer 60% a 65% dos votos aqui. Muitas pessoas de outros partidos dizem que vão votar no Bolsonaro para presidente, e para outros cargos votam no seu partido", revela Fábio, destacando que o candidato oferece comprometimento e "representa uma esperança para o povo brasileiro". "O Bolsonaro está mostrando a sua capacidade. Está fazendo uma campanha simples. É só olhar para o lado que vemos vários partidos com outras ideias, querendo manter essa situação de corrupção sistematicamente instalada em Brasília. O PSL é um partido que tem princípios, voltado à família, à pátria e à fé em Deus. Esperamos que esse partido venha para ficar", destaca o presidente do PSL em São Marcos.