Polícia   12/09/2018 | 16h54     Atualizado em 12/09/2018 | 18h29

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Homem ferido por golpes de faca na represa de São Luiz recebe alta do Hospital Pompéia e se apresenta na Delegacia de São Marcos

Adriano Roza, 32 anos, prestou depoimento na Delegacia de São Marcos na manhã desta terça-feira (11). Polícia Civil segue investigando motivação do crime

.
.

Foto: ilustrativa

Na manhã desta terça-feira, dia 11 de setembro, Adriano Roza, 32 anos, que foi encontrado ferido na represa de São Luiz no último dia 3, prestou depoimento na Delegacia de Polícia Civil de São Marcos. Natural do município de Ponte Alta (Santa Catarina), o homem foi ferido por golpes de faca na cabeça e no braço e estava internado no Hospital Pompéia de Caxias do Sul desde que foi socorrido pelo Samu de São Marcos.

 

Conforme o delegado da Polícia Civil de São Marcos, Edinei Albarello, durante o depoimento Adriano revelou que, após ser ferido pelos agressores, conseguiu andar uma distância considerável até conseguir pedir socorro. A motivação do crime ainda não foi esclarecida. "A vítima informou que não tem emprego fixo, fazia ´bicos´, e que não tem residência fixa, é andarilho. Também assumiu que é usuário de drogas, o que pode ter alguma ligação com o fato, mas ainda não está claro a motivação do crime", informa Edinei. Segundo o delegado, a Polícia Civil continua investigando o caso para esclarecer a identidade dos autores do crime.