Escola Maranhão e Facsm   21/09/2018 | 11h34     Atualizado em 21/09/2018 | 12h44

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Faculdade de São Marcos e Escola Maranhão se unem para fazer identificação de árvores da Praça Dante Marcucci

Com o objetivo de incentivar o cuidado com as florestas, desde julho deste ano alunos da Escola Maranhão trabalham na identificação de árvores que compõem a Praça Dante Marcucci. A Facsm também atuará no projeto com atividades junto à comunidade

Professor Marcos Grizzon lidera identificação das árvores com alunos do 7º ano
Professor Marcos Grizzon lidera identificação das árvores com alunos do 7º ano

Foto: divulgação

Hoje, dia 21 de setembro, é comemorado o Dia da Árvore!  Com o objetivo de ampliar a conscientização sobre a importância da preservação das árvores e florestas junto à comunidade de São Marcos, a Faculdade de São Marcos e a Escola Estadual Maranhão se uniram. Os alunos do 7º ano B e equipe de urbanismo da prefeitura criaram projeto de identificação das árvores que existem na Praça Dante Marcucci, um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Os estudantes iniciaram os trabalhos do projeto ainda em julho deste ano, com desenvolvimento de atividades em sala de aula, guiadas pelo professor Marcos Grizzon. "É no sétimo ano em que se aprende reino vegetal, plantae. No primeiro momento eles foram aprender técnicas de herborização e estão criando um pequeno herbário didático. Depois eles vão trabalhar a nomenclatura científica e eu vou auxiliar a encontrarem qual a espécie dessa planta. É um trabalho de identificação", explica o professor.

Buscando incentivar o cuidado com as árvores que compõem a praça e levar informações à comunidade, serão confeccionadas placas com o nome científico e popular de cada uma das espécies, assim como informação se são plantas nativas ou exóticas. Após a identificação de todas as árvores por parte dos alunos, as placas serão fixadas próximas a exemplares de cada uma das espécies, facilitando o acesso da comunidade a esse conhecimento. Na segunda etapa do projeto, a partir da catalogação completa das espécies, os acadêmicos da Faculdade de São Marcos desenvolverão projetos e ações complementares junto com alunos e comunidade.

A previsão de finalização do projeto é até o final deste ano. A Praça Dante Marcucci foi a escolhida para receber o projeto porque possui muitas árvores de espécies distintas, o que auxilia ainda mais na intenção dos projetistas, que é o de preservar a área verde. Além disso, o espaço é utilizado como área de lazer e eventos, ponto turístico, atraindo grande circulação pessoas. "O pensamento que moveu o projeto foi de realizar uma ação que vise ao cuidado das espécies que compõem a praça municipal, assim se estará destacando a importância da preservação das demais espécies", destaca diretora da Facsm, Gisele Rizzon.