Sinuelo   04/10/2018 | 15h05     Atualizado em 04/10/2018 | 17h17

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Vinho Moscato Giallo, da vinícola Irmãos Molon de São Marcos, é selecionado na 26ª Avaliação Nacional de Vinhos

Vinho Fino Moscato Giallo Pietro Felice foi selecionado como representativo da categoria "Branco Fino Seco Aromático A", classificando-se entre os 7 melhores da safra 2018

Enólogo da Sinuelo, Rudimar Lorenzet, recebeu premiação em Bento Gonçalves no dia 29
Enólogo da Sinuelo, Rudimar Lorenzet, recebeu premiação em Bento Gonçalves no dia 29

Foto: Jeferson Soldi

O Vinho Fino Moscato Giallo Pietro Felice, da vinícola Irmãos Molon de São Marcos, foi selecionado como representativo da categoria "Branco Fino Seco Aromático A", na 26ª Avaliação Nacional de Vinhos - Safra 2018. No evento realizado no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, no último sábado, dia 29 de setembro, as 16 amostras mais representativas de vinhos base espumante, brancos e tintos foram degustadas por cerca de mil apreciadores da bebida. O Moscato Giallo classificou-se entre os 7 melhores da safra 2018. "Este prêmio mostra a qualidade dos produtos Sinuelo e também representa muito bem a ótima safra de 2018. A matéria-prima é a chave para a elaboração de produtos premiados como este", destaca o gerente de marketing da Sinuelo, Guilherme Molon.

Enólogos e representantes das vinícolas premiadas na 26ª Avaliação Nacional de Vinhos
Enólogos e representantes das vinícolas premiadas na 26ª Avaliação Nacional de Vinhos

Foto: Jeferson Soldi

No auditório da 26ª Avaliação Nacional de Vinhos esteve presente um público diversificado formado por enólogos, sommeliers, jornalistas e empresários - todos com o gosto pelo vinho em comum. Pessoas que vieram de nove estados brasileiros (Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), além do Distrito Federal, e de outros seis países (Canadá, Chile, Inglaterra, Itália, Reino Unido e Uruguai). Nos bastidores, 120 alunos de Viticultura e Enologia realizaram o serviço do vinho. Uma a uma, as amostras foram servidas e degustadas pelo público e pelos 16 comentaristas ao mesmo tempo. Assim que cada amostra foi degustada, foi feito o comentário do vinho por um dos 16 comentaristas, que compartilhou suas impressões. O vinho Moscato Giallo Sinuelo, da vinícola Irmãos Molon, foi descrito pela comentarista Priscila Silva Esteves. "Visual límpido e cristalino, amarelo palha com reflexos esverdeados, lindo. No nariz apresenta-se complexo, fino e elegante, uma excelente intensidade aromática floral, como flores de laranjeira, jasmim e rosas, batata doce, mel, frutas de polpa branca, carnosas e maduras, goiaba, mamão papaia, pêssego e ervas de quintal.  Em boca é elegante, com excelente perfil da categoria, harmônico, com frescor e bom volume de boca, acidez equilibrada, retrogosto agradável e excelente persistência", comentou.

A Safra 2018 está entre as três melhores já registradas no Brasil, dividindo holofotes com as de 2005 e 2012. A qualidade foi provada e atestada por 120 enólogos, que degustaram às cegas as 344 amostras inscritas por 49 vinícolas. Os vinhos foram avaliados em 8 sessões, entre os dias 14 e 23 de agosto, no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho, quando foram selecionadas as 16 amostras mais representativas.