Polícia em São Marcos   01/08/2017 | 11h25     Atualizado em 02/08/2017 | 07h31

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Casal é vítima de sequestro em São Marcos

Quando chegava em apartamento na noite de sábado (29), casal foi abordado por bandidos. Eles entraram no apartamento, levaram bens materiais e, após, abandonaram as vítimas em Tuiuti, levando o veículo Toyota SW4

textos

Os assaltos na porta de casa têm sido estratégia fácil para os bandidos. Em São Marcos, mais uma vez esta ação vitimou moradores. Na noite deste sábado, 29 de julho, por volta das 23 horas, um casal chegava em casa, na esquina da Rua Osvaldo Aranha com a Anselmo Sandi, quando foi abordado por assaltantes. As vítimas entravam na garagem do prédio quando foram abordadas por quatro homens, que chegaram de carro. Eles levaram o casal até o banco para sacar dinheiro, mas o horário já não permitia que fossem realizados saques de grande quantia em dinheiro. "Foi assalto à mão armada, nos renderam na entrada da garagem e nos levaram para o banco sacar dinheiro. Mas, como já tinha passado das 22h, não foi possível, e nos levaram de volta para casa. Levaram alguns pertences, como TV, roupas, celulares e o dinheiro que tínhamos na carteira, mas não era muita coisa", relata a vítima.

 

Após a abordagem, um dos criminosos foi embora de carro, restando três indivíduos com as vítimas. Eles recolheram bens materiais da residência e levaram o casal em seu veículo, uma Toyota SW4, branca, até a Linha Tuiuti, onde os abandonaram. "Nos largaram em Tuiuti e levaram meu carro. Eles deixaram um celular, informaram que a 1 km de onde nos deixaram eles iam deixar o celular da minha namorada. Eles nos largaram na capela e subimos até a encruzilhada, e o celular estava em uma lixeira. Pegamos e chamamos alguém para nos buscar", conta. A ação durou cerca de 3 horas, finalizando já na madrugada de domingo (30). As vítimas foram para casa e entraram em contato com a Brigada Militar de São Marcos, que compareceu no local para registro da ocorrência. De acordo com uma das vítimas, o prédio não possui câmeras de segurança, mas o assunto será abordado na próxima reunião de condomínio para medidas de segurança.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia